quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012



E agora o que sobrou do que eu mais zelava são sonhos de um passado que infelizmente não aconteceu, poderia ter sido diferente, eu poderia ter me doado mais, ter feito o impossível pra te ter, mas eu queria a perfeição, eu queria que o momento fosse único pra que tu não se esquecesses de mim, porque eu já sabia antes de te olhar nesses olhos ternos que era você que eu queria ficar perto quem sabe pra sempre, desculpe eternizar as coisas, mas não fica mais romântico e mais verdadeiro? E digo mais, se pra te ter eu precisasse inventar o pra sempre eu inventaria.
Mas acabou de uma forma nada planejada, talvez tenha só começado, torço que sim, eu vi você, você me viu, foi como se um espelho estivesse se quebrado e agora era só realidade, repito a dura e triste realidade, ao teu lado tinha uma alma feminina, que segurava tua mão, como nos meus sonhos eu imaginei segurar, te olhava com ternura creio eu ou só admirava tua beleza que é impossível de não se admirar. Tu correspondia os atos dela, talvez com menos intensidade mas correspondia. Ali ela era tua, e tu era dela, e eu? Eu era nada, eu não respirava, sentia ou chorava; eu era o susto e a dor da perda misturados sem reação alguma, eu sentia vontade de correr te dá um abraço, mas com ela ali nem se eu fosse invisível, ela era como uma muralha que te impedia de mim, talvez ela fosse tua guardiã e eu o monstro que queria te ferir com o amor mais impuro.

G.Araújo.

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012


São tantas pessoas, elas vem, sempre vem, nunca param de vir, assim como nunca param de ir, não me lembraria o nome de cada ser que já entrou na minha vida, mas os que machucaram, ah esses ficam sublinhados no coração com tinta preta que representa todo sofrimento.
Sabe o que eu mais queria agora? Que aquela pessoa voltasse, dizesse que foi um erro ter partido sem se despedir, que pegasse no meu rosto com delicadeza e soltasse um ' você não mudou nada ', será que é possível?
Aprendi bem cedo que crer só não basta, precisamos agir, perder? Faz parte do jogo, se arriscar é um caminho pra vitória, acho que não vou esperar você voltar, vou te buscar. Falta coragem, sempre falta quando o assunto sou eu, mas sobra angústia, e eu preciso me livrar disso.
Anjo eu estou criando asas pra te ter! Me espereee!

G.Araújo.

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

E hoje eu decidi sorrir, mesmo que não haja motivo qualquer, mesmo que esteja sendo difícil, até sufocante, mas eu vou aguentar, como já aguentei coisas piores, minha força é ilimitada e eu sou só mas sou muito.

 O que eles querem? Que eu chore, ligue pra qualquer implicância com minha aparência julgada por eles. Que eu sofra a noite pensando no quão errada sou, que eu pense que a vida não vale a pena, que todos podem e conseguem menos eu.

O que eles vão ter? Uma pessoa que já cansou de engolir "sapos", que vai revidar se você pisar no pé dela, uma mal educada talvez, mas justa, porque essa pessoa se ama, e não vai deixar ninguém nem mesmo você lhe botar pra baixo. 'Sorry' mas vão ter que me engolir!

Se cuida Anjo de Luz


As manhãs eram floridas e eu nem mesmo precisava procurar vestígio de uma flor, como era doce, não tinha bala, mas era de uma doçura sem igual. Te querer, sonhar com você, aquilo me movia pra frente pra um lugar sem fim, pra um caminho onde eu queria me aprofundar mais e mais. E você? Eu não via defeito, é clichê dizer isso mas era o que era, você na sua bondade absurda dizia palavras admiradas por mim, tu eras interessante rapaz, ainda é creio eu, tu nasceste pra brilhar, não é bajulação não, é o que te digo, talvez nunca tenha escutado antes mas tenho certeza que ainda escutará. Teu futuro é grandioso, e eu nem preciso ser cartomante pra ver isso, é que quando a pessoa é boa mas boa por natureza, a gente sente. É mais fácil reconhecer alguém bom do que ruim né mesmo?
Então moço do olhar mais lindo, foi bom te conhecer, sorrio agora só por lembrar que aconteceu, que Deus quis que tu entraste na minha vida, limpou minha angústia, trazia sorte e sorrisos todo dia, trazia bobadeza pros meus atos, trazia você pra minha mente.
E durou? Não, eu sei que acabou, como um filme bom que sempre acaba, como o Titanic ou Romeu e Julieta que o romance teve um trágico fim. Mas sabe, aprendi contigo em grande parte a ver pra frente e nunca pra trás, ser otimista quando não se encontra luz, então te digo com quase total de certeza, que não é absoluta porque eu lamento sim e muito por ter te perdido mas entendi que eu fiz de tudo, eu fui EU, isso é tão difícil de ser com alguém nos dias de hoje.
E o que eu quero? Tanta coisa, mas aqui quero que tu sejas tu, somente tu, não se influencie por ninguém, porque só assim repito que tu irás brilhar como as estrelas. Sorte pra tí Anjo de Luz!





G. Araújo.

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012


Por mais que a vida tenha me mostrado que o amor quase sempre não é um amor de pessoa, eu ainda prefiro escolher um romance, tanto pra assistir, ler ou quem sabe viver.

G.Araújo.

Sonhei com você, éramos tão íntimos, a ponto d'eu poder pegar tua mão sem você me olhar com receio. Tu sorrias pra mim, por qualquer coisa boba que eu falasse, como foi bom, chegou a beijar minha testa, eu juro ter sentido teus lábios, aquela maciez que só eles tem.
Naqueles instantes mágicos, consegui cuidar de tí, como eu sempre quis. Alisei teu cabelo cor de sol, era tanto amor sabe? Ainda é, confesso. Mas era amor limpo, amor vivo e sorridente, porque eu tinha o teu. Eu tinha tua alma, ela chamava meu nome, ela brincava com a minha.

G.Araújo.

Falem por mim o que eu sinto agora...

"O que tem de ser tem muita força.
 Ninguém precisa se assustar com a distância,
 os afastamentos que acontecem.
 Tudo volta! E voltam mais bonitas, 
mais maduras, voltam quando têm de voltar, 
voltam quando é pra ser. 
Acontece que entre o "ainda não é hora" 
e "nossa hora chegou", muita gente se perde
. Não se perca viu?"
[Caio Fernando Abreu]

"Sei que um dia vai lembrar o tanto que eu te quis,
eu sei você vai ver. Mas eu tenho que aceitar
viver sem teu olhar. Não posso resistir.
Vem pra perto de mim, faz o tempo parar, faz
tudo acontecer. Vou te fazer carinhos até o
amanhecer. Te espero no farol pra ver o sol
se pôr...fazer declaração de amor."

[Rapazzola- Te espero no farol -
composição: Junior Senna]
 

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Estrelinha fala pra mim!



Me lembro bem quando pequena ficava admirando as estrelas, sorrindo só em olhá-las, elas eram como amigas, juro que as ouvia conversar, as mais tristes brilhavam menos, essas tinham minha atenção maior, precisa cuidar delas, aconselhá-las. As vezes nomeava algumas, mas logo esquecia dos nomes, elas não eram simples astros luminosos, não mesmo, pra mim tinham vida própria. Lembro me também do dia em que vi minha primeira e única estrela cadente, foi inesperado e único. Logo me agitei e sorri por ver passar tão rápido e desaparecer em instantes. Fiz um desejo como manda o figurino e até adormecer fiquei feliz em ter visto a minha estrela cadente. Como é engraçado, hoje percebo que o que me fazia feliz eram coisas tão simples e aparentemente tão bobas, sinto falta desse jeito de achar felicidade em tudo, de levar a vida "numa boa", sem stress, sem problemas prolongados, sem medo do amanhã, vivendo o hoje, o agora, brincando, correndo, mas principalmente sonhando.

G.Araújo.