sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Eu que sempre brinquei com o amor
Acabei entrando sem querer no seu jogo
E agora não sei se quero achar saida
Só sei que quero amar você
Da melhor maneira, do amor mais puro
Sem brincadeiras, sem meias palavras, sem aspas
Um amor de tirar o fôlego, daqueles de cinema.

Gabi Araújo

Nenhum comentário:

Postar um comentário