sexta-feira, 23 de dezembro de 2011


Ela escondia seus medos por debaixo das páginas lidas, ela tinha medo do mundo real, do mundo em que contos de fadas eram só bobagens de gente cafona, um mundo onde os sentimentos alheios eram pisados, ignorados e maltratados. Por isso ela preferia todos os dias no seu quarto com cheiro de jasmim entrar em outra dimensão, onde ela era quem quisesse, onde ela se sentia acolhida e forte...
Muitos lhe achavam estranha, ela não era, ela só tinha descoberto um jeito simples de achar felicidade, um jeito oculto e infinito, onde ela poderia ser feliz quando quisesse...
Um dia de tanto ler e viajar pra esse mundo dos livros, sem perceber ela ficou tão forte, ninguém do mundo Terra conseguia lhe deixar pra baixo, pois ela respondia a caráter, e sabia falar com esperteza sobre qualquer coisa, ela começou a ser muito admirada e claro que também invejada. Em uma tarde de outono, quando ela já voltava pra casa foi interrompida por um homem que lhe chamava do outro lado da rua, ele tinha os traços leves, e o sorriso aberto, logo ele lhe disse que esperava tempos para lhe conhecer, que adorava seus livros publicados e suas respostas as colunas de jornais, ela só sorriu, ele lhe convidou para tomar um café, e lá foram... O que ela nem sabia é que aquele homem transformaria sua vida solitária, seria o príncipe dos seus livros, ele seria como uma chave, para abrir e trancar uma porta, ela não precisaria, mas temer o mundo, porque ele lhe protegeria de tudo e todos, então se esconder no mundo dos livros seria só por lazer e não mais opção. Esse homem também abriria sua criatividade, onde ela conseguisse fazer poesias brincando, e livros de amor sonhando.
Enfim, não se sabe muito mais sobre ela, só que ela é feliz como nenhuma outra mulher...

Gabi Araújo

Nenhum comentário:

Postar um comentário